Essa noite, madrugada de 15/12/2009, foi bastante bacana pra mim!

Estava num local semelhante a um colégio que estudei do pré à 4ª série. Estava desempenhando minhas “atividades oníricas” como de costume, sem muita consciência, quando em dado momento tomei mais ciência e saí voando por lá. Estava muito bom, dia lindo, sol, muito agradável.

Então decidi pousar para tomar mais consciência e repetia para mim mesmo “fica consciente, fica consciente” primeiro falando mesmo e em seguida lembrei que não precisava, então busquei somente pensar nas palavras. Assim consegui um nível de consciência muito próximo ao do físico.

Resolvi, então, fazer algo que eu disse pra minha namorada que faria em alguma experiência. Estávamos assistinho o seriado Heroes e apareceu um personagem, Sylar, que possui telecinese.

Sylar

Ele estava sentado numa mesa de um restaurante e, para pegar uma xícara que estava um pouco afastada, ele usou a telecinese, fazendo a xícara deslizar até a sua mão. Lembrando disso, “achei” uma xícara jogada no chão e uma mesa branca daquelas de plástico.

Coloquei a mesa de pé, posicionei a xícara e usei meus poderes de telecinese (risos), fazendo algo bem semelhante ao seriado. Fiz umas duas vezes, depois joguei a xícara no chão para que quebrasse. Após isso tentei um objeto maior e tive que me concentrar mais, mas consegui fazer ele vir até a minha mão.

caneca branca

Após um tempinho senti uma coceira na coxa direita, mas ainda não tinha acordado. Então fiz uma coisa um tanto incomum pra mim (creio que pra vocês tbm). Cocei a minha perna ainda sem acordar e ao mesmo tempo cocei da mesma forma no físico. Então logo acordei.

Dormi novamente e retornei ao mesmo lugar (coisa muito rara pra mim tbm).

Estava consciente, voando, desta vez. Tinha uma quadra poliespertiva e resolvi brincar.

basquetePousei logo abaixo da cesta de basquete e saí voando, passando por dentro dela, subi e fui “me encestar” na cesta do outro lado. Fui meio na diagonal, mas consegui passar até a cintura sem problemas e senti minhas pernas atravessando a cesta, já que não conseguiria passar sem bater.

Após isso não me lembro, mas acho que acordei.

Tive algumas outras experiências, mas foram sem consciência e um tanto fantasiosas.

Tudo foi muito agradável e renovador. Alguém mais brinca de telecinesia?

Anúncios